Bolsista vai atuar em startup apoiada pelo PIPE, no âmbito de um projeto que busca agentes antimicrobianos para combater o cancro cítrico

Uma Bolsa de Treinamento Técnico nível três (TT-3) da Fapesp está disponível para a startup Actinobac Agrosciences, no âmbito do projeto “Identificação e screening biológico na busca por agentes antimicrobianos produzidos por actinobactérias contra o cancro cítrico”. A empresa tem apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). O prazo de inscrição vai até dia 24 de novembro de 2019.

As atividades do bolsista compreendem preparação de soluções e meios de cultivo para processos fermentativos, geração de extratos brutos, manutenção das culturas de microrganismos, realização de bioensaios, suporte nas análises dos resultados, organização e manutenção do laboratório.

A vaga é destinada a recém-formados em ciências biológicas, química ou áreas correlatas. O candidato deve apresentar conhecimento comprovado em microbiologia, técnicas de cultivo e manutenção de culturas microbianas, condução de bioensaios, processamento e análise dos resultados, biossegurança e experiência prévia em laboratório de pesquisa.

Os interessados devem enviar curriculum vitae e histórico da graduação, com assunto “Bolsa de Treinamento Técnico”, para a coordenadora do projeto, a pesquisadora Tânia Petta ([email protected]).

Mais informações sobre a vaga aqui.

A Bolsa de TT-3 tem valor de R$ 1.228,40 mensais. É direcionada a graduados do nível superior, sem reprovações no histórico escolar e sem vínculo empregatício. A dedicação deverá ser de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O tempo de bolsa TT-3 será descontado no caso de o interessado vir a usufruir de Bolsa de Mestrado ou Doutorado Direto.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da Fapesp aqui.

Compartilhe: