Pesquisa conduzida na USP de Ribeirão Preto foca na desregulação da expressão gênica no timo

O Projeto Temático “Efeito de mutações no gene AIRE (síndrome APS1) induzidas por CRISPR-Cas9 na conformação da proteína, no transcriptoma de células mTEC e na sua interação com timócitos” dispõe de uma oportunidade de pós-doutorado com Bolsa da Fapesp. O prazo de inscrição vai até dia 31 de dezembro de 2019.

A pesquisa é conduzida no Laboratório de Imunogenética Molecular da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto e foca na desregulação da expressão gênica no timo, que pode estar associada à autoimunidade.

O candidato selecionado fará uso do sistema CRISPR-Cas9 para induzir mutações no gene Aire in vivo no timo de camundongos transgênicos Cas9 por eletroporação, separação de células TEC por citometria de fluxo e perfil do transcriptoma por RNA-Seq.

São requisitos para a vaga ter prática na supervisão de alunos, apresentando experiência anterior com eletroporação in vivo, na separação de células tímicas por citometria de fluxo, na extração e análise de RNA e na análise e transcriptoma usando bioinformática focando isoformas de mRNA.

As inscrições devem ser feitas enviando e-mail para o coordenador do projeto, o professor Geraldo Passos ([email protected]), anexando os seguintes documentos em formato PDF: carta de interesse, duas cartas de recomendação de pesquisadores ou professores e curriculum vitae.

Mais informações sobre a vaga aqui.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis aqui.

Compartilhe: