O evento acontece dias 2 e 3 de setembro, no auditório da Anvisa, em Brasília

No dia 3 de setembro, o primeiro painel traz as “Experiências dos Países com PoC (Point of Care) – Onde estão usando”

A Aliança Latino-Americana para o Desenvolvimento do Diagnóstico in Vitro (Alladiv) promoverá, nos dias 2 e 3 de setembro, no auditório da Anvisa, em Brasília (DF), a 9ª edição do Workshop Internacional “Testes de Diagnóstico com Qualidade Assegurada e Acessíveis para Programas de Saúde Pública”. Neste encontro, o temário principal será “Testes Rápidos e PoCT e seu Uso na Eliminação de HIV, Sífilis e Hepatites”.

O primeiro painel, no dia 2 de setembro, terá a moderação de Segundo Leon, diretor científico da Aladdiv e representante da Universidad Privada San Juan Bautista de Lima, Peru. Intitulado “Eliminação da Transmissão Vertical. Como atingir essa meta?”, o painel contará com a participação de Fernanda Fonseca (Ministério da Saúde) e de Rosanna Peeling, professora e diretora da London School of Hygiene and Tropical Medicine (LSHTM).

As experiências bem-sucedidas no Brasil, tanto no que se refere à transmissão vertical como o uso da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) serão os assuntos dos painéis seguintes. Já o 4º Painel, “Garantindo a qualidade de Testes Rápidos e PoCT”, com moderação de Elliot Cowan (Partners in Diagnostics), contará com as presenças de Robin Meurant (NSF – National Sanitation Foundation), Marcela Abreu (Anvisa), Helena Borges (INCQS/Fiocruz), Lia Lewis e Orlando Ferreira (UFRJ).

A Vigilância Pós-Mercado será matéria do Painel 5, com moderação de Debi Boeras (IDC – The International Diagnostics Centre) e participações de Maria Glória Vicente (GETEC da Anvisa) e Maria Graciela Rojas (ISP/Chile). Logo após, será a vez da professora Rosanna Peeling (LSHTM) proferir palestra sobre “O Desafio do Point of Care Testing – Logística e Conectividade”.

O sexto painel traz o tema “Compras Públicas – A aquisição de produtos de qualidade”, com Cláudio Maierovitch (Fiocruz), José Alonso (Ministério da Saúde) e Tomas Pippo (OPAS – Organização Pan-americana de Saúde).

No dia 3 de setembro, o primeiro painel traz as “Experiências dos Países com PoC (Point of Care) – Onde estão usando”, onde os representantes das Agências de Vigilância Sanitária de países da América Latina relatam os progressos em suas regiões. “Como garantir a qualidade dos testes realizados fora do laboratório?” será o assunto do Painel 2.

Em seguida vem “PoCT e Testes Rápidos fora do Laboratório”, que terá a moderação de Segundo Leon, da Univerdidad Privada San Juan Bautista (UPSJB) do Peru e as participações de Elliot Cowan, da Partners in Diagnostics, Paula Távora, ex-presidente da SBPC/ML e Beto de Jesus, da AIDS Healthcare Foundation (AHF).

Posteriormente, será a vez do painel “Auto Teste de HIV– Como esses testes podem ajudar a melhorar o diagnóstico da doença?”, com a moderação de Carlos Eduardo Gouvêa, presidente da Aladdiv e da Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL). As palestras ficarão por conta de Elliot Cowan (Partners in Diagnostics) e Aristides Barbosa, diretor do Centers for Disease Control and Prevention (CDC/Brasil).

Por fim, Letícia Seixas (Aladdiv) fará uma apresentação do Relatório Final do Projeto “Standards Alliance”, parceria público-privada entre as instituições USAID e a American National Standards Institute (ANSI).

O evento tem o apoio da CBDL – Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial e da ALDIMED – Aliança Latino americana de Dispositivos Médicos. O evento é gratuito e aberto ao público. Inscrições gratuitas aqui.

Serviço:

IX International Workshop
Dias 2 e 3 de setembro – das 8h30 às 17hs
Auditório da Anvisa
SIA Trecho V – Brasília, DF

Compartilhe: