As diferentes técnicas de Espectroscopia Molecular são amplamente utilizadas ao redor do mundo para realizar análises de alimentos e bebidas.

A espectroscopia FTIR é uma técnica utilizada para identificação de matéria-prima, controle de qualidade e quantificação de alguns compostos em alimentos, como gordura trans, enquanto a microscopia FTIR é utilizada para obter resolução espacial em análise de identificação de defeitos em embalagens e produtos.

Além disso, a espectroscopia NIR é utilizada para medida multicomponente de macro parâmetros em alimentos e bebidas, permitindo uma amostragem rápida e simples, além de permitir a análise direta durante o processo. Já a espectroscopia Raman Amplificada por Superfície (SERS), com o uso de anticorpos específicos, fornece à técnica de Raman a sensibilidade para detecção de toxinas e alérgenos, sendo importante para a análise de segurança de alimentos.

Complementando, a espectrofotometria UV-Vis permite a análise de diferentes alimentos e o software BeerCraft inclui 20 métodos pré-programados para a análise de cerveja. A tecnologia de extrusão já é aplicada em algumas áreas na indústria de alimentos, como na produção contínua de pasta, cereais e alimentos para peixes.

O uso de extrusoras de rosca dupla, por sua flexibilidade,abre possibilidades para “desenhar” e otimizar a formulação e a textura de alimentos de forma rápida e eficiente. Isso permite também abrir novas frentes como, por exemplo, o desenvolvimento de carne artificial (à base de proteínas vegetais). No outro lado, viscosimetria e reometria entregam informações relacionadas a propriedades sensoriais, de consistência e estabilidade e sobre o processamento de alimentos. São importantes para o controle de qualidade da matéria prima e do produto final, para o desenvolvimento e optimização de formulações, e a estabilidade e aplicabilidade de alimentos processados.

Participe workshop online promovido pela Thermo Fisher Scientific para conhecer um pouco mais a respeito dessas técnicas e aplicações na indústria de alimentos.

Parte 1 – 29/06 – Segunda-feira

10:00 às 10:45: Características do uso da Espectroscopia no infravermelho nas regiões do médio (MIR) e próximo (NIR)

10:45 às 11:30: Aplicações da espectroscopia e microscopia FTIR para controle de qualidade e quantificações na indústria de alimentos

Parte 2 – 30/06 – Terça-feira

10h00 às 10h45: Desenvolvimento de método utilizando espectroscopia NIR

10h45 às 11h30: Aplicações na indústria de alimentos utilizando a espectroscopia NIR

Parte 3 – 01/07 – Quarta-feira

10h00 às 10h45: Espectrofotometria UV-Vis para análise de alimentos

10h45 às 11h30: Análise de Cerveja com o Software GENESYS BeerCraft

Parte 4 – 02/07 – Quinta-feira

10h00 às 10h45: Uso da Espectroscopia Raman Amplificada por Superfície (SERS) para análise de alimentos

10h45 às 11h30: Análise de minerais em leite em pó por fluorescência de raios-X

Parte 5 – 03/07 – Sexta-feira

10h00 às 10h45: Extrusão de alimentos: Uma visão geral de aplicações de extrusoras de rosca dupla

10h45 às 11h30: Do processamento até a sensação na boca: Reologia para aplicações em alimentos

Inscrições até 24 de junho. Clique aqui.

Tags:

alimentos, Espectroscopia Molecular, Thermo Fisher Scientific

Compartilhe: