O processo produtivo de alimentos e rações envolve diversas etapas vinculadas ao controle de qualidade, desde o preparo de amostras a análises quantitativas, e o rigoroso monitoramento para que se mantenha a devida adequação normativa. Ao longo do processo, a qualidade da matéria-prima e do produto final deve ser controlada, e o seguimento da receita de produção de alimentos monitorado de perto.

As amostras são coletadas em estágios específicos ao longo da cadeia de processo e, posteriormente, os parâmetros de qualidade relevantes são analisados até a rotulagem final dos produtos alimentícios.

A Buchi compartilha informações para que você possa descobrir as principais tecnologias envolvidas no setor e como elas lhe ajudam a garantir um controle de qualidade eficiente.

Recebimento de matéria-prima

As empresas de alimentos estabelecem procedimentos de inspeção para produtos recebidos a fim de determinar e avaliar os produtos adquiridos. A inspeção garante que os produtos atendam à qualidade garantida pelos fornecedores e aos níveis de qualidade exigidos pelos órgãos legais e produtores. Consequentemente, a inspeção dos produtos recebidos é de grande importância para a produção de alimentos. Os instrumentos da Buchi facilitam os vários requisitos de inspeção dos produtos recebidos:

– Resultados confiáveis e definitivos sobre a qualidade da matéria-prima

– Medições rápidas e menos tempo para obtenção de resultados

– Cumprimento de pré-requisitos e requisitos legais

Monitoramento do processo

O monitoramento do processo envolve a vigilância dos dados do processo e está correlacionado à qualidade do produto. O controle do processo produtivo ocorre quando esses dados são usados para adaptar as variáveis de produção a fim de avaliar a qualidade ou o conteúdo de intermediários, impurezas e contaminantes. O monitoramento contínuo e eficaz do processo é seguido pelo controle do processo com o objetivo de garantir os seguintes fatores-chave:

– Atender às especificações exigidas

– Atingir a eficiência de fabricação ideal

– Minimizar o desperdício de mão de obra, materiais, máquinas e ferramentas

Inspeção de produtos finais

Nas normas ISO 9000, o controle e a garantia da qualidade são mencionados como parte do sistema de gestão da qualidade. Para o controle de qualidade, os produtos finais são testados para atender aos requisitos legais e a composição nutricional é testada para garantir a conformidade com a rotulagem de alimentos. São analisados alguns aspectos da segurança alimentar, como a ausência de patógenos e metais pesados, e também a qualidade dos alimentos, como o teor de nutrientes, vitaminas e minerais.

Testes

As análises externas costumam ser realizadas por laboratórios de testes privados. Os produtos devem ser testados para garantir a segurança, a composição, a autenticidade, a origem e a pureza dos alimentos e produtos agrícolas. O campo dos ensaios inclui análises nutricionais e determinação de alérgenos e contaminantes (metais pesados), toxinas e resíduos, como de pesticidas e produtos farmacêuticos, para garantir a segurança do consumidor.

A Buchi fornece instrumentos confiáveis, práticos e fáceis de usar para atender às necessidades da indústria de alimentos e rações da melhor maneira possível. Clique aqui e conheça mais sobre os equipamentos da empresa.

Tags:

Buchi, controle de qualidade, processo produtivo de alimentos e rações

Compartilhe: