Hoje de manhã, eu estava assistindo a um vídeo encaminhado por um dos meus amigos que amam motocicletas. Era o vídeo de uma corrida do MotoGP em que um dos pilotos perdeu o controle da moto e acidentalmente escorregou. Os pilotos atrás dele, sem prever esse evento repentino, bateram uns nos outros, resultando em uma pilha de motos. Felizmente, o acidente não foi fatal e todos os pilotos sobreviveram. Quando tentei entender como esses pilotos foram salvos, percebi que foi por causa do equipamento de proteção que estavam usando.

A segurança do piloto é de extrema importância quando se trata de corridas de motocicleta, então eles se protegem usando o melhor equipamento de proteção, antecipando o pior.

Da mesma forma, uma coluna HPLC é o componente principal na cromatografia líquida porque a coluna é a responsável pela separação dos analitos em uma matriz. Proteger e cuidar da coluna garante que não apenas obtenhamos resultados confiáveis, mas também o funcionamento sem problemas.

O que é uma pré-coluna?

Uma pré-coluna é essencialmente uma coluna pequena, preferencialmente empacotada com o mesmo material da coluna analítica e é conectada antes da coluna. Essas pré-colunas vêm em várias dimensões para corresponder as exigências das colunas. O filtro da pré-coluna é como o da coluna analítica.

Isso significa que qualquer coisa que poderia possivelmente entupir a coluna analítica seria bloqueada na pré-coluna. Esse bloqueio pode ser resolvido simplesmente substituindo os cartuchos pré-coluna, protegendo, assim, a vida útil da coluna analítica.

Todos nós sabemos que uma coluna HPLC tem uma vida útil finita, mas como podemos garantir a vida útil máxima? Para responder a essa pergunta, vamos primeiro ver as possíveis maneiras pelas quais uma coluna pode ser obstruída?

Saiba mais clicando aqui.

Tags:

Allcrom, coluna HPLC, Phenomenex

Compartilhe: