prime2

Com 11 anos no mercado, a Prime Cargo Logística Integrada tem investido em qualidade, infraestrutura e tecnologia

Uma das maiores dificuldades encontradas pelos empresários e setores produtivos nacionais, quando se fala de integração nacional, está ligada à questão logística, à falta de infraestrutura, estradas em situações precárias e burocracia demasiada. Essa situação pode se agravar quando a carga é sensível, tanto à temperatura, quanto à sua manipulação.

Neste cenário, os mercados de diagnóstico e laboratorial têm necessidades específicas, que para serem resolvidas e supridas devem ser tratadas por empresas de logística especializadas e direcionadas para esse setor. Empresa com expertise neste segmento é a Prime Cargo Logística Integrada Ltda. Há 11 anos no mercado, a empresa tem nos últimos anos buscado sempre se especializar para criar soluções no transporte de carga refrigerada e sensível.

De acordo com Wilson Santos, presidente da empresa e há mais de 25 anos trabalhando no segmento logístico, o maior desafio apresentado para esse setor é a junção da necessidade de entregas em pontos extremos e a demanda pela manutenção e tratamento personalizado com um custo adequado. “Prazo e qualidade na prestação de serviço, num contexto de gerenciamento de risco, é fundamental para o sucesso e saúde de uma empresa que atua com logística”, afirma o empresário. “Hoje, na Prime Cargo, a gestão comercial e operacional consegue se adequar a todo perfil de cliente e projeto, seja carga seca, refrigerada, peça de reposição ou equipamento com ou sem embalagem original”, ressalta.

E quando se trata do atendimento dos setores diagnóstico e laboratorial, a necessidade de cuidado aumenta vertiginosamente. Isso porque é necessário um número considerável de certificações para que haja a garantia na qualidade do serviço prestado. Segundo Karina Silva, Coordenadora de Qualidade da empresa, “por esse motivo, e para atender empresas de diagnóstico, são necessárias autorizações da Anvisa e vigilância sanitária local e a Prime Cargo possui essas autorizações para o transporte de produtos para área da saúde e correlatos, medicamentos e insumos, cosméticos, saneantes e algumas classes de alimentos”, explica a executiva.

Para a garantia da gestão da qualidade também foi implantada a ISO 9001, conforme SGQ NBR ISO 9001, além de diversas autorizações da Policia Civil, Federal, Exército e cadastro no IBAMA para o transporte de produtos perigosos. “Não são autorizações fáceis de serem obtidas e mantidas, e que fazem a diferença quando tratamos de produtos específicos (área da saúde), uma vez que para nossos clientes devemos garantir a qualidade na prestação do serviço em todas as etapas do processo”, explica Karina Silva.

Além disso, quando o assunto é segurança, é importante frisar que a Prime Cargo trabalha em conjunto com a Suatrans, empresa que atua no atendimento rápido em caso de acidentes que envolvam agentes químicos, visando evitar de forma eficaz acidentes ambientais e ecológicos.


Investimentos

Com as autorizações e certificações necessárias para o devido cumprimento das entregas e soluções apresentadas para empresas do ramo laboratorial, a Prime Cargo vem se destacando em seu segmento. Com frota própria entre veículos leves e pesados, foram necessários também investimentos massivos em recursos humanos, o que envolve treinamento e especializações. “Atualmente, no nosso negócio, não basta ter caminhão e motorista, a mão de obra tem que ser especializada, para que se faça o manuseio e transporte com qualidade”, afirma Wilson Santos.

Com isso, foi necessária a ampliação de suas operações. A empresa que já conta com sede em São Paulo (SP) e filiais no Rio de Janeiro (RJ), em Contagem (MG) e Joinville (SC), irá inaugurar até o final do ano novas bases em Campinas (SP), Anápolis (GO), Recife (PE) e Florianópolis (SC). “A demanda tem aumentando tanto, que neste ano já triplicamos a planta do Rio de Janeiro, de 500m² para 1500m²”, explica o empresário.

A importância disso, segundo Santos, é que, apesar de atender seus clientes no modal aéreo, a burocracia do transporte por vias rodoviárias é bem menor, o que agiliza as entregas, evitando quaisquer contratempos. “Com isso, 90% do transporte está feito, os outros 10% fazem parte da armazenagem e manuseio”, exemplifica.


Inovação

Buscando sempre novas soluções que auxiliem a boa relação com seus clientes, a Prime Cargo lançará ainda este ano o seu próprio aplicativo para rastreamento das cargas. Com isso o cliente ao contratar o serviço poderá checar a qualquer momento a localização de sua carga.

Para os clientes dos setores de diagnóstico e laboratorial é possível verificar a temperatura do veículo com carga perecível, pela internet em tempo real, através de senha e login, garantindo assim a integridade da temperatura do produto que está sendo transportado. “Além da Prime Cargo receber alertas para eventuais mudanças de temperatura, o cliente tem acesso a qualquer momento a um relatório detalhado de oscilação de temperatura e outras informações referentes ao transporte. “Dessa forma, buscamos oferecer ao cliente qualidade do ponto inicial ao ponto final”, conclui Karina Silva.

Tags:

Prime Cargo, rastreamento das cargas, transporte de carga refrigerada e sensível

Compartilhe: