Com as informações geradas pelo sequenciamento do genoma humano em 2005, a busca por explicações de como a função dos genes pode ser modificada por meio da alimentação tornou-se um novo desafio para os cientistas

Nutrigenômica e nutrigenética, dois campos diferentes, mas com um objetivo em comum: esclarecer a interação entre os nutrientes e os genes.

A nutrigenômica estuda os nutrientes e substâncias alimentares capazes de influenciar a expressão dos genes, enquanto que a nutrigenética estuda a predisposição genética do indivíduo em relação aos alimentos ingeridos na dieta.

Com as informações geradas pelo sequenciamento do genoma humano em 2005, a busca por explicações de como a função dos genes pode ser modificada por meio da alimentação tornou-se um novo desafio para os cientistas, uma vez que o organismo trabalha de acordo com a ativação ou inibição de proteínas e polipeptídeos.

O perfil genético nutricional é indicado para todas as pessoas que desejam receber informações nutricionais baseadas em sua composição genética. Um estudo nutricional personalizado pode ajudar a prevenir ou retardar o aparecimento de doenças crônicas como obesidade, diabetes, hipertensão e osteoporose.

Quanto antes se colocar em prática estas recomendações preventivas, mais cedo poderão ser observados os efeitos sobre a saúde.

Com uma estrutura de última geração em testes de biologia molecular e uma equipe altamente especializada, o DB Molecular disponibiliza aos seus clientes o teste de Perfil Genético Nutrigenômico (NUTRI).

Clique aqui e saiba mais.

Tags:

biologia molecular, genes, nutrientes, nutrigenética, Nutrigenômica

Compartilhe: