O equipamento possui o recurso de reanálise de amostras automatizado que funciona sem afetar a sua velocidade que é de até 86 testes/hora

O compromisso com a confiabilidade nos resultados de exames é essencial na análise para os laboratórios de análises clínicas. Exemplo disso é o trabalho que vem sendo feito no Laboratório LPN de João Pinheiro. O laboratório é o primeiro a inaugurar o analisador de testes de imunoensaio que evita a contaminação cruzada de amostras. O objetivo é aparelhar o laboratório com os mais modernos equipamentos para otimizar o atendimento à população diz a bióloga Cleuza Aparecida Gonçalves, responsável técnica.

O equipamento possui o recurso de reanálise de amostras automatizado que funciona sem afetar a sua velocidade que é de até 86 testes/hora.

Para o biomédico Dr. Roberto Figueiredo, mais conhecido como Doutor Bactéria, o novo equipamento é indispensável ao processo de melhoria na qualidade de atendimento do laboratório. “Com a chegada desse equipamento, o laboratório pode atender uma demanda maior, proporcionando à população um atendimento rápido e de qualidade”, diz ele.

“Temos realizado um esforço cotidiano para implementar ações que viabilizem os recursos alocados na saúde. Investir em modernização dos processos de trabalho é uma das metas da nossa gestão”, enfatiza Helenita Gonçalves, administradora do LPN.

Tags:

analisador de testes de imunoensaio, contaminação cruzada, Laboratório LPN

Compartilhe: