Prêmio visa estimular jovens profissionais de saúde das Américas do Sul e Central, que atuam na luta contra as doenças infecciosas e em seu diagnóstico

O Prêmio é voltado a profissionais de saúde da América do Sul e Central, com envolvimento e contribuição significativos na pesquisa da sepse

O Instituto Mérieux, do qual faz parte a bioMérieux, empresa francesa líder mundial em diagnóstico in vitro, tem um compromisso de longa data com a prevenção, diagnóstico e tratamento da sepse, considerada um dos mais relevantes problemas globais de saúde pública.

Entre os seus esforços está o incentivo a jovens pesquisadores ou clínicos que atuam em questões relacionadas a doenças infecciosas e resistência antimicrobiana em todo o mundo. Com este objetivo, o Instituto Mérieux e o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS) uniram-se para criar, em 2018, o Prêmio Jovem Pesquisador Sepse, voltado a profissionais de saúde da América do Sul e Central, com envolvimento e contribuição significativos na pesquisa da sepse e/ou gestão de pacientes com impacto nacional.

Em sua segunda edição, a ser realizada em 2019, o Prêmio concederá € 10.000 (dez mil euros) à instituição que hospeda o laureado, que será responsável pela utilização adequada do recurso para a pesquisa do especialista.

Entre os critérios de seleção estão a obrigatoriedade de o pesquisador ou candidato ser afiliado a um hospital ou instituição de pesquisa como médico de cuidados intensivos, clínico de doenças infecciosas, pesquisador clínico ou pré-clínico; e ter menos de 15 anos de experiência em prática clínica ou menos de 10 anos de experiência em trabalho após a sua qualificação de pós-graduação, além do reconhecido impacto do seu trabalho para o avanço científico do diagnóstico e/ou tratamento da sepse.

O vencedor, escolhido por membros dos conselhos científicos do Instituto Mérieux e do ILAS, será anunciado no XVI Fórum Internacional de Sepse, que acontecerá no Rio de Janeiro, em maio de 2019.

O II Prêmio Jovem Pesquisador Sepse 2019 tem inscrições abertas até 30 de novembro de 2018. Clique aqui e conheça os critérios de participação.

Tags:

bioMérieux, Instituto Meriéux, Prêmio Jovem Pesquisador Sepse, sepse

Compartilhe: