A companhia foi um dos primeiros laboratórios brasileiros a conseguir realizar internamente o teste molecular RT-PCR. Cerca de 22% dos casos positivos do Brasil foram diagnosticados pelo Grupo

Este é um exame laboratorial complexo, com várias etapas de processamento e análise, que exige expertise em vírus ou RNA viral

Em menos de 100 dias após o início da pandemia do novo coronavírus, a rede de laboratórios Hermes Pardini, com 122 unidades próprias em Goiânia, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, anunciou nesta segunda-feira, 1º de junho, a marca de 100 mil exames moleculares para diagnóstico da Covid-19. Os 100 mil testes foram realizados pela metodologia PCR – considerada padrão-ouro pelos órgãos nacionais e internacionais de Saúde.

O laboratório iniciou o desenvolvimento e a validação do teste molecular antes mesmo da confirmação do primeiro caso no Brasil. Referência no mercado de apoio laboratorial no Brasil, inicialmente o Grupo passou a apoiar centenas de hospitais pelo país. Posteriormente, o exame RT-PCR passou a ser realizado em domicílio, para os clientes do Hermes Pardini. Atualmente, a companhia realiza o diagnóstico para mais de 550 hospitais espalhados pelo Brasil, além de outros milhares de laboratórios parceiros, localizados em quase duas mil cidades do Brasil. Este é um exame laboratorial complexo, com várias etapas de processamento e análise, que exige expertise em vírus ou RNA viral.

O Grupo Pardini criou, desde o início da pandemia, uma série de medidas para apoiar o diagnóstico da Covid-19. Como os voos regulares no país foram reduzidos em 95%, a empresa implantou o projeto JetLab. Aeronaves exclusivas garantem a logística de amostras das principais cidades do Brasil para BH, onde fica o Núcleo Técnico Operacional do Hermes Pardini. Seguindo as orientações iniciais do Ministério da Saúde para manter o isolamento social, o Pardini elaborou um plano de contingência para fechar as unidades de porta para a rua enquanto duplicou a equipe de atendimento domiciliar. O serviço em domicílio foi estrategicamente reforçado para atender com segurança a população.

Em paralelo e para facilitar a vida dos clientes, a empresa investiu no seu e-commerce. Foi criado o www.exameemcasa.com.br para agendar e facilitar a coleta dos exames para coronavírus. No site é possível realizar desde a compra, pagamento à marcação dos serviços em domicílio no horário desejado. No mesmo site também estão disponíveis diversos outros exames laboratoriais, por imagem, as vacinas e teleconsultas em psicanálise, psiquiatria e para pacientes com suspeita da doença.

Além dessas medidas, a criação do drive thru em Belo Horizonte, São Paulo e Goiânia também é mais uma possibilidade segura para que a população faça os exames de Covid-19. Atualmente, todas as unidades do Grupo estão abertas para receber pacientes, seguindo protocolos de segurança adequados.

Segundo o vice-presidente da empresa, Alessandro Ferreira, o marco trata-se de um resultado do esforço coletivo de todas as áreas da companhia – do P&D, passando pela área comercial e produção laboratorial à logística. “Disponibilizamos o exame no Brasil todos, através da nossa rede própria de atendimento em MG, SP, GO e RJ, bem como para mais de 6 mil laboratórios e hospitais em todo o país. Mais do que alcançar uma marca nesse momento em que a ciência ocupa um papel essencial na vida de todas as pessoas, esse resultado representa a materialização do nosso propósito de levar tecnologia em saúde a quem precisa e onde estiver”, concluiu Alessandro Ferreira.

Tags:

Hermes Pardini, metodologia PCR, novo coronavírus

Compartilhe: