Confiabilidade, qualidade, flexibilidade e facilidade em um único software

Para um medicamento chegar dentro do range da temperatura adequada, laboratórios farmacêuticos e operadores logísticos, estão utilizando o recém lançado Data Logger TempInspect para monitorar a temperatura (-30°C a 70°C) durante o transporte de um ponto a outro.

O principal diferenciador do aparelho tecnológico é que ele é reprogramável, ou seja, permite a configuração no computador antes de usar para operação. “Salvo uma vez, a reprogramação é muito rápida quando precisar usar novamente, e caso não tenha nenhum computador para isso, é possível configurá-lo no próprio aparelho de maneira simples e prática.” explica Clinger Olavio, gestor comercial da Polar Técnica, que faz parte do Grupo Polar.

Outra particularidade do tempInspect é que o delay inicial, intervalo de medição e faixa de temperatura também são ajustáveis conforme a necessidade, via software, não se limitando à configuração padrão de fábrica. Além disso, o software possui uma abrangência de temperatura grande com precisão de 0.1°C, e tem um sensor de temperatura digital com memória de calibração integrada.

Segundo Eduardo Ferreira, representante comercial da Polar Técnica, “O TempInspect permite escolher o range de temperatura e o intervalo de tempo da medição. A partir disso é gerado um relatório automatizado tanto em PDF e CVS, bem como em gráficos detalhados com a hora e média de temperatura, como por exemplo, se houve excursões de temperatura durante o transporte.”

O data logger TempInspect pode armazenar até 30.000 medições, resistentes a respingos e tem uma duração mínima de bateria de 2 anos. Disponível nas versões multiuso e uso único, possui uma opção de bloqueio de senha garantindo a segurança das informações armazenadas.

O certificado de calibração e validade do Certificado de Validação é válido por 5 anos e em breve será compatível com o FDA CFR 21-11.

Tags:

Data Logger TempInspect, Grupo Polar

Compartilhe: