Os vírus Herpes simplex tipo 1 (HSV-1), tipo 2 (HSV-2) e Varicella zoster (VZV) pertencem à família Herpesviridae e encontram-se distribuídos mundialmente.  Segundo dados de 2016 da OMS, cerca de 67% da população mundial com menos de 50 anos, uma estimativa de 3,7 bilhões de pessoas, apresentaram infecção por HSV tipo 1 e aproximadamente 13% da população mundial entre 15 a 49 anos apresentaram infecção por HSV tipo 2.

As infecções do sistema nervoso central e dos órgãos sensoriais podem causar encefalite, meningite, mielite ou retinite (HSV-1, HSV-2). Em pacientes imunossuprimidos, infecções generalizadas ocorrem com manifestações nos pulmões, fígado e esôfago (HSV-1, HSV-2).

Na infecção neonatal, a transmissão do vírus ocorre principalmente no canal do parto, sendo maior o risco quando a mãe adquire a infecção primária nas proximidades do nascimento do bebê. Em casos raros, ocorre infecção intrauterina.

O vírus VZV é altamente contagioso, sendo transmitido principalmente pelo ar através de gotículas ou contato com lesões cutâneas. Nas infecções primárias causa a varicela (catapora) que acomete principalmente crianças menores de 10 anos. Após a manifestação primária, a infecção progride para uma fase latente e o vírus persiste por toda a vida em neurônios ganglionares. Mesmo décadas depois, o vírus pode ser reativado e causar herpes zoster.

O comprometimento da função imunológica e aumento da idade são fatores de risco para complicações de infecções por VZV. Com o herpes zoster, apenas o líquido da bolha é infeccioso. Estudo recente mostrou um aumento médio de 35,4% por milhão de habitantes dos casos de herpes zoster no período da pandemia, de março a agosto de 2020 quando comparado com o mesmo período de 2017 a 2019 no Brasil*.

As doenças causadas pela infecção por HSV-1 e 2 são: Herpes labial ou facial (HSV-1), Herpes genital (HSV-2, HSV-1) e Eczema herpético (HSV-1, raramente HSV-2).

A técnica do Biochip Microarray e Titerplane da Euroimmun permite realizar a diferenciação das infecções por HSV-1 ou -2 das infecções por VZV. Por exemplo, eczema herpético e varicela que são de difícil diferenciação com base na manifestação clínica.

Além disso, outras dermatoses podem apresentar manifestações cutâneas de difícil diferenciação das infecções com o vírus herpes e o diagnóstico diferencial dessas infecções é de importância para estabelecer uma estratégia adequada de tratamento.

O teste EUROArray HSV-1/2 VZV# pode ser realizado em paralelo com o exclusivo EUROArray Dermatomycosis## na mesma plataforma EUROArray e EUROArrayScan Software.

*Maia et al., Increased number of Herpes Zoster cases in Brazil related to the COVID-19 pandemic. Int J Infect Dis. 2021.

Registro ANVISA no. #10338930261; ##10338930237

Conheça mais sobre o teste e tecnologia do Biochip da Euroimmun, clicando aqui.

Por Luciane Ganiko, Especialista de Produtos da Euroimmun

Tags:

Euroimmun, Herpes simplex, Herpesviridae

Compartilhe: