Empresa irá expor seus produtos no estande 166, localizado à rua 6, Pavilhão Branco

Como participante de todas as edições da Hospitalar, a Biodina apresenta para este ano em seu estande 166 (localizado à rua 6 – Pavilhão Branco), marcas renomadas internacionalmente e famosas por sua excelência em tecnologia, atendendo os principais segmentos em saúde.

A dinamarquesa Radiometer reafirma na gasometria, seu último modelo ABL90 Flex, com 17 parâmetros e resultados em apenas 35 segundos. Na imunofluorescência, o destaque vem através da procalcitonina com rapidez e precisão no teste. O mais novo parâmetro do AQT90 FLEX auxilia na detecção precoce da sepse e agrega ainda mais riqueza ao menu de testes do analisador.

Na Sueca HemoCue, pertencente a Radiometer, a ênfase se dá aos analisadores Hb 201+, Hb 301 e Plasma/Low Hb, destinados a determinação quantitativa da hemoglobina total e livre em poucos segundos, como opções seguras para laboratórios, bancos de sangue e controle de qualidade. O aprimoramento de sua tecnologia permitiu à HemoCue o desenvolvimento de novos analisadores que ampliaram sua área de atuação estendendo-se à atenção primária e serviços de pronto atendimento com os modelos WBC DIFF, Albumin 201 e Glucose 201 RT.

Esta linha reafirma sua tradição e primazia, através da sua detentora Radiometer, pioneira universal em gasometria, com mercado consolidado e difundido por seus usuários em todo Brasil.

Como um dos lançamentos para esse ano, a Biodina apresenta distribuição do analisador Clover A1c Self, fabricado pela coreana Infopia. O sistema, de precisão laboratorial, desenhado para uso no TLR (Point of Care), permite diagnosticar e monitorar o diabetes com praticidade e rapidez. Pesando apenas 1.400 kg e com resultados em 5 min, o analisador possibilita ao médico um melhor acompanhamento, oferecendo precisão para reformulação dos tratamentos ainda durante a consulta com somente 4 µl de sangue.

A novidade na área de cirurgia fica por conta do bisturi ultrassônico, lançamento da marca Wikimed.  A tecnologia permite cirurgias mais precisas, com menor sangramento e minimamente invasivas, atuando com corte e coagulação. Um de seus maiores diferenciais é a ativação ultrassônica do instrumento gerada por um conjunto de cerâmicas que vibram numa frequência de 55.500 vezes por segundo (HZ). Utilizado nos procedimentos cirúrgicos em tecidos moles, a energia proporciona amplo controle do sangramento, impedindo lesões térmicas periféricas causadas pelo uso de corrente elétrica através do paciente.

Estarão disponíveis os cateteres de Foley e tubos endotraqueais revestidos com a tecnologia BIP (Bactiguard Infection Protection), que consiste na cobertura de metais nobres, reduzindo significativamente a adesão de bactérias, impedindo assim a formação do biofilme.

Também poderá ser conferida a linha Sakura com inovações na área de anatomia patológica, os osmômetros da Advanced Instruments e a Touchstone com seus grampeadores cirúrgicos.

Tags:

Biodina, Hospitalar

Compartilhe: