A exposição científica do Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial acontece no Rio de Janeiro de 24 a 26 de setembro

A Beckman Coulter Brasil marca presença mais uma vez no Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, que acontece no Rio de Janeiro. Em um estande de 82 m², a empresa vai apresentar o que há de mais moderno no campo de análises clínicas, laboratoriais e biotecnologia.

Equipamentos de última geração como o DxC700 e o DxH900 estarão expostos no espaço. No portfólio, são mais de 50 testes de imunoensaios. “Disponibilizaremos a médicos e profissionais da área instruções de estudo de dosagens e níveis de interferência da vitamina biotina. Tudo com foco na transparência e para possibilitar um diagnóstico mais preciso”, explica Daniela Putti, gerente de marketing da Beckman Coulter na América Latina.

Novos produtos também serão destaques na edição deste ano, como o ensaio de hemoglobina glicada HbA1C e o teste de procaltomina PCT, ambos ainda em processo de registro na Anvisa. Outros exames inovadores também vão compor o portfólio da empresa. Entre eles, o troponina de alta sensibilidade e o estradiol sensível e com melhor precisão em resultados baixos.

Isso tudo sem esquecer do Índice de Saúde da Próstata e o Early Sepsis Indicator – ou Indicador Precoce de Sepse, em português. O primeiro, o phi, é mais preciso na detecção do câncer de próstata e reduz em até 30% as biópsias desnecessárias. Já o exame de sepse é um novo parâmetro hematológico da Beckman Coulter que indica o risco do paciente estar ou vir a desenvolver a doença ainda na triagem dos serviços de emergência.

A multinacional oferece todas as linhas necessárias a um laboratório clínico, como Imunologia, Química Clínica, Hematologia, Urinálises, Microbiologia e uma automação completa para laboratórios de médio, grande e mega porte. “A Beckman Coulter busca a cada dia inovação, transparência e qualidade. Sempre com foco nos clientes e na saúde das pessoas”, conclui Daniela.

Tags:

Beckman Coulter Brasil, Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Compartilhe: