Teste demonstrou especificidade e sensibilidade superiores a 99% em 14 dias ou mais após o início dos sintomas

Novo teste é compatível com equipamentos de laboratório Architect® i1000SR e i2000SR e também funcionará no sistema Alinity™ i

A Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, anuncia que recebeu aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de seu teste de sorologia laboratorial para a detecção de anticorpos IgG, que identificam se uma pessoa já foi infectada pelo novo coronavírus (Covid-19). A testagem de anticorpos é um importante passo para verificar se a pessoa foi previamente infectada, além de proporcionar maior compreensão do vírus, incluindo quanto tempo os anticorpos permanecem no corpo e se fornecem imunidade. Esse tipo de informação pode ajudar no desenvolvimento de tratamentos e vacinas.

“A Abbott concentrou seus esforços para trazer os testes de Covid-19 ao mercado brasileiro o mais rápido possível para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus,” explica Júlio Aderne, Gerente Geral da Divisão de Diagnósticos da Abbott no Brasil. “Estamos orgulhosos por poder fornecer nossos testes de anticorpos imediatamente, pois ajudarão a entender quem teve o vírus, levando a uma maior confiança à medida que vamos retornando à normalidade”.

Testes de anticorpos expandirão testagens

Testes de anticorpos apontam se a pessoa já foi infectada em algum momento na vida. O teste de anticorpos SARS-CoV-2 da Abbott identifica o anticorpo IgG, que é a proteína que o corpo produz nos estágios finais da infecção, podendo permanecer até meses e, possivelmente, anos após a recuperação da pessoa. Esse teste demonstrou especificidade e sensibilidade para detectar anticorpos IgG maiores que 99% em 14 dias ou mais após o início dos sintomas.

Inicialmente, os testes de anticorpos IgG da Abbott estarão disponíveis para equipamentos laboratoriais Architect® i1000SR e i2000SR.* Architect é um dos sistemas laboratoriais mais utilizados no mundo nas últimas décadas. Centenas desses equipamentos são utilizados em laboratórios pelo Brasil e são capazes de rodar de 100 a 200 testes a cada uma hora.

A Abbott está aumentando significativamente sua fabricação para testes de anticorpos e expandirá os testes para seu sistema Alinity i. A empresa também estará expandindo seus testes de anticorpos de laboratório para a detecção do anticorpo IgM no futuro.

* Todos os equipamentos Architect são produtos laser Classe 1.

Pesquisa da Universidade de Washington confirma alto desempenho do teste de anticorpos SARS-CoV-2 da Abbott

A Abbott anunciou também, recentemente, que uma nova pesquisa, publicada no Journal of Clinical Microbiology, constatou que a sorologia do teste de anticorpos SARS-CoV-2 apresentou 99,9% de especificidade e 100% de sensibilidade para a detecção do anticorpo IgG em pacientes com o novo coronavírus 17 dias ou mais após o início dos sintomas. A pesquisa independente foi conduzida pela Universidade de Washington, Escola de Medicina, em Seattle, nos Estados Unidos.

O teste de anticorpos pode dizer se alguém já foi infectado pelo vírus e pode estar se recuperando ou já se recuperou da infecção, tanto em pessoas com ou sem sinais dos sintomas. A testagem em larga escala é vista como um passo importante para a compreensão da pandemia de Covid-19 e faz parte da estratégia de vigilância dos Centros de Controle de Doenças (CDC). Os testes de anticorpos fornecerão maior entendimento sobre o vírus, incluindo quanto tempo os anticorpos permanecem no corpo, quanto da população está infectada e como isso muda com o tempo.

“Os sistemas de saúde desempenharão um papel fundamental nos testes em larga escala e na colaboração com líderes, como a Universidade de Washington, que ajuda a garantir que nossos testes estão sendo executados no mais alto nível de qualidade, quando usados em ambientes reais”, afirma Robert B. Ford, Presidente e CEO da Abbott. “Queremos fazer a nossa parte, garantindo acesso a testes confiáveis de anticorpos para hospitais e laboratórios em todo o mundo”.

Em abril, a Abbott anunciou globalmente o lançamento do seu teste de sangue para anticorpos IgG SARS-CoV-2 como o terceiro teste de Covid-19 da empresa para ajudar a combater a pandemia. A Abbott também aumentou significativamente sua fabricação e já enviou mais de 10 milhões de testes de anticorpos de sua plataforma Architect para sistemas hospitalares e laboratórios de referência em todos os 50 estados dos Estados Unidos e do mundo.

Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington foram um dos primeiros a receber o teste e ajudar a validar seu desempenho. Eles descobriram que o teste teve uma especificidade de 99,9% (capacidade de excluir falsos positivos) em 1.020 amostras de pacientes. Ao executar o ensaio em 689 amostras de soro de 125 casos de Covid-19 confirmados por PCR, eles encontraram 100% de sensibilidade (capacidade de excluir falsos negativos) em 17 dias ou mais após os sintomas começarem a aparecer nesta população.

Hospitais e laboratórios de referência estão começando a implementar testes de anticorpos. Os dados gerados a partir desses testes poderão ajudar a descobrir novas informações sobre o novo vírus, incluindo prevalência em níveis local, estadual ou nacional.

Tags:

Abbott, covid-19, teste de sorologia

Compartilhe: