invapar1

Os módulos nativos do sistema garantem mais performance, rastreabilidade e escalabilidade

Um bom sistema de informação laboratorial (LIS) proporciona a integração das informações num curto espaço de tempo. Ele deve contribuir para o controle, interação, comunicação, produtividade, qualidade, otimização e redução de custos da instituição. A adoção de um LIS pode, ainda, pôr fim aos vários controles paralelos na organização, proporcionando maior conexão entre os processos, como é o caso do Motion LIS, sistema distribuído pela Inovapar Soluções e desenvolvido pela Touch Health.

Com uma plataforma de informação integrada como o Motion LIS, os dados são contabilizados e processados em uma única base, promovendo uma maior integração entre os departamentos. Dessa forma, os processos das áreas administrativa, estoque e produção tornam-se menos vulneráveis.

Entre os módulos de produção do Motion LIS, além de Análises Clínicas, estão o de Anatomia Patológica e o de Biologia Molecular, atendendo suas respectivas especificidades. Os materiais biológicos utilizados nos testes destas especialidades, por exemplo, exigem preparos longos e, para isso, o Motion LIS contempla o Monitor de Preparo de Amostras, que permite acompanhar cada etapa do processo. Os módulos possibilitam o gerenciamento de todo o processo de produção de exames de cada área, desde a abertura de ficha até o faturamento e a disponibilização dos laudos.

O módulo Portal de Laudos e Imagens do Motion LIS centraliza e permite a visualização de todos os resultados do paciente, independente da especialidade, no mesmo lugar. É possível configurar o módulo para que as informações de protocolo e senha de acesso sejam enviadas por e-mail ao paciente, evitando, assim, a impressão desses dados. Além dos pacientes, os médicos internos e externos podem acessar os laudos e imagens de seus pacientes através de qualquer dispositivo com acesso à internet.

Para organizações que procuram sempre investir na automação dos processos em função do aumento da sua capacidade produtiva, o módulo de Estoque do Motion LIS é fundamental. Os valores dos insumos utilizados na produção de exames refletem diretamente no planejamento financeiro da empresa. O módulo de Estoque permite que os gestores conheçam o consumo real de cada área, de forma a entender melhor os custos de produção e balizar o processo de aquisição desses insumos. Portanto, o acompanhamento etapa por etapa, dentro do LIS, em todo o processo produtivo permite a apuração do custo real de cada exame produzido.

Com essa grande gama de informações disponibilizadas no sistema, o Motion LIS também contempla o módulo de Business Intelligence. Ele fornece indicadores em tempo real, que podem ser acessados através de qualquer dispositivo com acesso à internet, subsidiando a tomada de decisão a curto, médio e longo prazo. O módulo de BI substitui o uso de interfaces manuais por uma metodologia mais dinâmica de análise. Agrega-se às facilidades do módulo a opção de estabelecer marcadores de metas para que os alvos determinados sejam mantidos em foco por toda a equipe.

Tags:

Motion LIS, Sistema de Informação Laboratorial

Compartilhe: