Dra. Luisane Vieira (segunda da esquerda para a direita)

A médica patologista clínica Luisane Vieira, diretora técnica do laboratório Geraldo Lustosa, esteve no Japão na última semana, onde coordenou uma mesa redonda sobre biópsia líquida no 29º Congresso da Associação Mundial das Sociedades de Patologia e Medicina Laboratorial (WASPaL).

A biópsia líquida é uma nova possibilidade de acompanhar tratamentos de câncer com exames de sangue, complementando ou mesmo substituindo biópsias normais.

O WASPaL acontece a cada dois anos, em diferentes cidades do mundo. Este ano foi sediado em Kyoto e apresentou o tema “Contribuição para a inovação médica para a próxima geração”.

O Laboratório Geraldo Lustosa foi um dos cinco laboratórios brasileiros presentes no congresso, sendo o único mineiro a participar.

Tags:

biópsia líquida, Laboratório Geraldo Lustosa, WASPaL

Compartilhe: