pesquisaedesenv_fdpA FAPESP e a Agilent anunciam uma nova chamada de propostas, voltada a pesquisadores associados a instituições de ensino superior e de pesquisa no Estado de São Paulo.

Os temas de interesse da chamada são:

Biofarma – o objetivo é financiar projetos que avancem o estado da arte de medições em saúde humana, medicina veterinária e agricultura. Especificamente em encontrar modos de permitir a descoberta, o desenvolvimento e a manufatura de biológicos e biossimilares de modo mais rápido, simples e robusto e com maior qualidade.

Metabolômica – saúde humana, medicina veterinária e agricultura são novamente áreas de interesse. O objetivo é financiar projetos que levem ao desenvolvimento de melhores ferramentas para metabolômica ou ao aumento do conhecimento de sistemas biológicos que permitam a melhoria da qualidade de vida.

Nos dois temas, as propostas poderão incluir refinamento de instrumentos, desenvolvimento de novos protocolos de medição e de novas formas de analisar dados, invenção de novos fluxos de produção ou aplicações de técnicas existentes para estimular novas compreensões biológicas no contexto dos temas de interesse da chamada.

Resultados dos projetos apoiados poderão incluir (mas não serem limitados a): publicações em periódicos acadêmicos com revisão por pares; websites com informações para a comunidade acadêmica; e a apresentação de resultados em conferências acadêmicas.

Os projetos selecionados poderão ter duração de até 36 meses. Propostas deverão seguir as normas do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE).

Propostas serão recebidas até 14 de agosto de 2017. Um workshop para tirar dúvidas sobre a submissão de propostas será realizado no auditório da FAPESP em 20 de junho.

A chamada de propostas está publicada em: fapesp.br/10886. Com informações da Fapesp

Tags:

Agilent, Biofarma, Fapesp, metabolômica

Compartilhe: