A solenidade de posse da Diretoria da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial – SBPC/ML do biênio 2018/2019 aconteceu na noite desta quarta-feira, 13, no Hotel Rio Othon Palace, em Copacabana, Rio de Janeiro. Estavam presentes representantes de laboratórios, entidades de classe, conselhos profissionais, sociedades e associações médicas, familiares e amigos. O mandato começa efetivamente em 1º de janeiro de 2018.

O presidente do biênio 2016/2017, Alex Galoro, disse que a diretoria do atual mandato conseguiu realizar o que foi proposto no plano de trabalho. Ele destacou alguns itens, como a acreditação da SBPC/ML pela ISQua; ampliação dos programas de indicadores e de acreditação de laboratórios (PALC); dois congressos de sucesso, o 50º, em 2016, e o 51º, em São Paulo; publicação dos posicionamentos sobre jejum para dosagem do perfil lipídico, de hemoglobina glicada e o de vitamina D, que sairá nos próximos dias.

Galoro também destacou a realização do Fórum “O futuro da Patologia Clínica”, o Planejamento Estratégico da SBPC/ML, atuação conjunta com sociedades parceiras perante entidades do governo, como Anvisa e ANS, e a imprensa, além da criação de uma nova logomarca da SBPC/ML e do lançamento do novo portal institucional da Sociedade.

“Gostaria de agradecer a todas as entidades e empresas parceiras que estiveram conosco neste biênio e contribuíram para essas coçnquistas, à equipe da SBPC/ML e a toda a diretoria”, disse Galoro.

Valorização dos profissionais

Em seu discurso, Wilson Shcolnik apresentou um panorama do setor laboratorial, com o aumento da importância dos exames laboratoriais, cujos resultados apoiam a definição do diagnóstico, com mais precisão e rapidez.

Ele destacou as discussões sobre desperdícios no setor de saúde, com queixas sobre o excesso de exames realizados. “Mas não se considera que os gastos com exames laboratoriais representam em vários países menos que 3% dos gastos totais em saúde. E os médicos continuam se baseando em resultados de exames laboratoriais para tomar decisões que afetam a saúde de seus pacientes”, disse o patologista clínico.

Shcolnik apontou a importância dos profissionais do setor laboratorial e a indústria permanecerem unidos para mostrar o valor de seu trabalho e os impactos positivos para os desfechos e para os resultados da assistência à saúde.

O presidente do biênio 2018/2019 enfatizou que em seu mandato a SBPC/ML vai atuar junto às entidades de classe no compromisso de buscar melhorias para a saúde, especialmente para os profissionais de laboratórios clínicos. Também enfatizou o trabalho de contribuir para a revisão da RDC 302/2005 da Anvisa, que trata do funcionamento dos laboratórios. Junto à ANS, a SBPC/ML vai atuar em defesa do valor da acreditação para assegurar a qualidade dos serviços oferecidos aos beneficiários de planos de saúde, além de discutir ovas formas de remuneração.

Tags:

SBPC/ML, Wilson Shcolnik

Compartilhe: