O Brasil foi representado pela ANVISA e contou com representantes do setor regulado, por meio da CBDL

Agências reguladoras de 16 países latino-americanos se reuniram de 19 a 21 de setembro, no Lord Elgin Hotel, em Ottawa, no Canadá, para o evento organizado pela OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde) com o apoio da ALADDIV (Aliança Latino Americana para o Desenvolvimento do Diagnóstico In Vitro), durante o meeting semestral do IMDRF (International Medical Device Regulators Forum).

O Brasil foi representado pela ANVISA e contou com representantes do setor regulado, por meio da CBDL (Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial). Em 2016, o encontro foi realizado no Costão do Santinho, em Florianópolis.

Integraram o IMDRF a União Europeia, Austrália, Brasil, Canadá, China, Japão e Estados Unidos. A edição deste ano teve a participação de representantes da AHWP – Asian Harmonization Working Party-, que trouxe suas experiências na discussão de uma legislação comum para a região do Sudoeste Asiático.

O principal tema discutido foi a Convergência Regulatória e os principais entraves enfrentados pelo setor. “Em um mundo globalizado, é importante que tenhamos acesso às inovações tecnológicas que permitam diagnósticos mais precoces e tratamentos cada vez mais eficazes e seguros. Neste sentido, quanto menos barreiras regulatórias houver, melhor, principalmente se garantirmos o acesso com a devida segurança e eficácia dos produtos.”, declarou o presidente-executivo da CBDL, Carlos Eduardo Gouvêa.

Tags:

Agências reguladoras, Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial

Compartilhe: