rochenews_02-(1)

Analisador de coagulação cobas t 411

A Roche está entrando em uma nova era de testes de coagulação. Com um portfólio já consolidado com soluções Point of Care (PoC), o objetivo da empresa é trabalhar o mercado de laboratórios clínicos e hospitalares com o lançamento de uma nova família de sistemas, a cobas t. Segundo o gerente de Produto Specialty Testing, Vinícius Sugiyama, hoje a participação da empresa nesse mercado se limita às soluções PoC e Multiplate (equipamento para função plaquetária), o que dá acesso a uma fatia pequena do mercado de coagulação.

Ao entrar no mercado clínico e laboratorial de coagulação, a Roche quer ampliar sua participação num mercado projetado para atingir 4,84 bilhões de dólares até 2021, segundo relatório da consultoria Research and Markets. “É nessa fatia que está a grande maioria dos pacientes e, consequentemente, testes. É o início do trabalho em uma área do Laboratório onde nunca tivemos condições de competir por conta do limite de nosso portfólio para coagulação”, expõe Sugiyama.

Da família cobas t, o destaque é o analisador de coagulação cobas t 411, um sistema de coagulação de laboratório adequado para testes de rotina de baixo volume (até 140 amostras por dia). Com lançamento previsto no Brasil, a Roche amplia sua oferta global de coagulação laboratorial ao oferecer aos laboratórios mais flexibilidade em seus testes. “A família cobas t é dedicada a exames de coagulação laboratorial, um mercado que a Roche nunca atendeu por falta de portfólio. Isso mostra o comprometimento da empresa com a área de coagulação e em ser uma parceira completa com soluções para todo o laboratório”, garante Sugiyama.

 

Esta e outras notícias você encontra na última edição da revista Roche News, clicando aqui.

CAPArochenews_02-(1)

Tags:

analisador de coagulação cobas t 411, Coagulação, cobas t, Roche

Compartilhe: