beckmanEm 01 de junho de 2017 em Salvador, o Laboratório LPC através do Dr. José Carlos Lima – patologista clínico, promoveu junto à Sociedade Baiana de Urologia, a apresentação do novo teste para auxiliar no diagnóstico do câncer de próstata, com palestra do renomado professor Dr. Adagmar Andriolo – médico patologista clínico. O tema do encontro foi p2PSA e phi: Uma abordagem capaz de melhorar o rastreio do câncer de próstata.

O uso do índice de saúde da próstata (phi) pode potencialmente evitar aproximadamente 30% das biópsias em homens com doença benigna ou insignificante. Portanto, quase 1 em cada 3 homens pode evitar biópsia da próstata.

índice de saúde da próstata (phi) é um exame de sangue simples recomendado como parte de uma abordagem multivariada para reduzir biópsias desnecessárias e diagnósticos excessivos.

Vários estudos como de Ferro et al., de homens com níveis de PSA de 2-10 ng/ ml submetidos à biópsia de próstata compararam o desempenho de phi contra o de %fPSA, que se mostrou significativamente superior para prever resultados de biópsia. Outros autores concluíram que devido à sua tecnologia mais fácil e mais barata, seu menor desconforto para os pacientes, e sua melhor capacidade de reduzir biópsias desnecessárias, recomendam o uso do índice de saúde da próstata (phi).

Para saber mais sobre o p2PSA e o índice de saúde da próstata (phi) clique aqui.

 

beckman3beckman2

Tags:

diagnóstico do câncer de próstata, índice de saúde da próstata (phi)

Compartilhe: