rochenews_02-(1)

A estimativa é que o novo Laboratório possa realizar aproximadamente 20 milhões de exames por ano

Reconhecido como o maior complexo hospitalar da América Latina, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) inaugurou, em 21 de março, as novas instalações do Corelab da Divisão de Laboratório Central e da Divisão de Anatomia  Patológica.

O evento teve a presença de diretores do Hospital, representantes da Roche Diagnóstica Brasil, outros fornecedores do hospital e o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Dr. David Everson Uip.

O projeto de readequação estrutural das áreas da Divisão de Laboratório Central foi desenvolvido pela Roche Diagnóstica e surgiu da necessidade de adotar plataformas mais eficientes e automatizadas para a realização dos testes do complexo.

O modelo consolida a tendência de horizontalização percebida nos principais laboratórios do mundo, em busca de altos níveis de qualidade. A solução possibilitou integrar, em um único espaço, os exames automatizados de hematologia, bioquímica clínica, hormônios, imunologia e marcadores tumorais. De acordo com o executivo de Contas Públicas da Roche, Carlos Bovo, o Laboratório possui hoje duas soluções pioneiras na América Latina: o analisador cobas® 8100 e o pós-analítico cobas p 701. A estimativa é que o novo Laboratório possa realizar aproximadamente 20 milhões de exames por ano.

Na mesma ocasião, a Divisão de Anatomia Patológica inaugurou a primeira fase do projeto para agilizar o processamento de biópsias e peças cirúrgicas. O laboratório terá automação da imuno-histoquímica, escaneamento de lâminas, implantação da patologia quantitativa e reestruturação do programa de gerenciamento computadorizado do laboratório – com o apoio de quatro novos equipamentos BenchMark® Ultra. Estima-se que a solução reduza o tempo de liberação dos exames de 10 para 3 dias, com média de 5.700 exames por mês.

Esta e outras notícias você encontra na última edição da revista Roche News, clicando na imagem abaixo:

CAPArochenews_02-(1)

Tags:

Corelab, Divisão de Laboratório Central, HC-FMUSP, Roche Diagnóstica

Compartilhe: