Há 85 anos, a PerkinElmer apoia na realização dos Testes Básicos e Ampliados, da Triagem Neonatal, ajudando a obter um diagnóstico precoce, em um tempo mais rápido. A empresa contribui na construção de uma melhor qualidade de vida do recém-nascido e de seu núcleo familiar.

perkin

O equipamento possui capacidade de realizar até nove testes, com aproximadamente 864 amostras de uma única só vez

O Panthera é basicamente, o primeiro processo da Triagem Neonatal dentro do laboratório, para inicializar a análise das amostras de sangue seco, que são coletadas em papel filtro. Essas amostras serão picotadas nas placas específicas de acordo com o teste a ser analisado, pois na Triagem Neonatal classificada como ‘teste básico’ (obrigatório por lei e oferecido pelo Sistema Único de Saúde). Consiste na detecção de seis doenças: Fenilcetunúria, Hipotireoidismo Congênito, Hiperplasia Adrenal Congênita, Deficiência de  Biotinidase, Hemoglobinopatias e Fibrose Cística.

Neste processo, o Panthera pode realizar as seis diferentes patologias, com a capacidade de processar de uma vez, 576 amostras, aproximadamente. Já para o teste Ampliado, em que os pais optam por pagar pelo teste completo em uma rede particular, o equipamento possui capacidade de realizar até nove testes, com aproximadamente 864 amostras de uma única só vez e ainda, nessa modalidade ampliada podem ser incluídas outras patologias raras oferecidas, além das já triadas no teste básico.

A performance robusta em que o Panthera opera, otimiza a produtividade e, sobretudo, o tempo dos processos laboratoriais, acelerando a análise que será realizada através de outros processos e em seguida, na liberação dos resultados. Além disso, o Panthera possui um sistema de rastreabilidade gerenciado por códigos de barras, que resultam em uma maior precisão e segurança na conferência das análises. O software intuitivo facilita na interação dos usuários, que podem visualizar em tempo real todas as etapas do processo. O Panthera foi projetado para a comodidade e conforto de seus usuários, que contam com um design sofisticado e adaptável a diferentes alturas e posições.

Por processar até nove testes, utilizando uma única amostra, os diagnósticos chegam mais rápido nas mãos das equipes de Assistentes Sociais, que entrarão em contato com os pais. Dessa forma, mais rapidamente, as famílias são comunicadas de que o teste do bebê deu como resultado alterado, sendo necessária a realização do teste confirmatório para corroborar o diagnóstico e inicializar o tratamento daquela criança. O diagnóstico precoce de uma patologia pode mudar o rumo da história de vida daquela criança cidadã e de sua família, fazendo com aquele bebê se torne, no futuro, alguém capaz de viver por si só, com independência e dignidade, exercendo atividades triviais na sua vida e na sociedade.

Tags:

Panthera, PerkinElmer, triagem neonatal

Compartilhe: