Alere_Afinion

Com apenas uma amostra de sangue ou de urina, o aparelho facilita e agiliza a tarefa de testar determinações quantitativas de painéis lipídicos

O avanço da incidência do diabetes, obesidade e hipertensão é um problema que impacta os sistemas de saúde em nível global. O tema foi discutido no 4º Congresso sobre Controvérsias em Consenso de Diabetes, Obesidade e Hipertensão na América Latina (CODHy LA), realizado em Buenos Aires, Argentina.

O evento aconteceu entre 16 e 18 de março, reunindo especialistas latino-americanos para discutir situações controversas enfrentadas pelos profissionais de saúde. O objetivo foi promover um debate sobre temas baseados em evidências a fim de minimizar as diferenças de condutas na prática clínica. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as realidades regionais e de outros países, além de trocar experiências. As discussões enfatizaram o cenário latino-americano em termos de epidemiologia, genética, diagnóstico, complicações típicas e respostas aos tratamentos do diabetes, obesidade e hipertensão.

Durante o congresso, um dos simpósios, promovido pela Alere, se propôs a discutir a questão dos sistemas de monitoramento e triagem para o diabetes. Intitulada Monitoring and Screening Systems: An Effective Strategy to Fight Diabetes Epidemics and Cardiovascular Complications, a conferência foi conduzida por grandes nomes, como Dr. Juan José Gagliardino, membro do Comitê Executivo de BRIDGES e diretor do Centro de Endocrinologia Experimental e Aplicada – Cenexa, afiliado da Universidade Nacional de La Plata e do Conselho Nacional de Investigação Científica e Técnica La Plata, na Argentina, Dr. Marcio Krakauer, fundador e presidente da Associação de Diabetes do ABC – ADIABC e coordenador do Núcleo de Tecnologia em Diabetes da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), e Dr. Francisco Chong Barreiro, diretor do Hospital Geral de Pachuca, no México.

Aproveitando o evento, a Alere, em sua mesa patrocinada, apresentou com exclusividade o Afinion, plataforma que permite acesso rápido a testes de diagnóstico in vitro relativos à diabetes, doenças cardiovasculares e infecções. Com apenas uma amostra de sangue ou de urina, o aparelho facilita e agiliza a tarefa de testar determinações quantitativas de painéis lipídicos para avaliação do risco de doenças cardiovasculares; albumina e creatinina (ACR) para análise do grau de complicações renais em pacientes diabéticos; níveis de hemoglobina glicada (HbA1c) para monitoração do controle do diabetes e diagnóstico progressivo da doença; e proteína C reativa (PCR), para diagnóstico e monitoramento de infecções e doenças inflamatórias não infecciosas.

Atualmente, a investigação desses indicadores demandaria múltiplos testes laboratoriais, tornando o acesso dos médicos a essas informações mais caro e demorado. Já em experiência no mercado mexicano com foco no aprimoramento no diagnóstico e no gerenciamento de pacientes, o sistema agora também está disponível no mercado brasileiro.

Clique aqui para acompanhar a apresentação da Alere no simpósio.

 

Mais informações:
0800 11 32 62
[email protected]

Os equipamentos e reagentes comercializados no Brasil estão devidamente registrados.

Para obter a relação completa, contate: [email protected]

Tags:

Afinion, Alere, diabetes

Compartilhe: